O relatório global da Organização Internacional do Trabalho (OIT), sobre tendências sociais e do emprego, mostra que a falta de trabalho decente, combinada com o aumento do desemprego e a persistência de desigualdades, torna cada vez mais difícil para as pessoas melhorarem suas vidas.
De acordo com a OIT, quase meio bilhão de pessoas trabalham menos horas remuneradas do que gostariam, ou não têm suficiente acesso ao trabalho assalariado.
O relatório aponta também que, em 2020, o número de desempregados deve aumentar em 2,5 milhões de pessoas. Isso se deve ao desemprego global, que permaneceu estável nos últimos nove anos. Embora a força de trabalho aumente, novos postos de trabalho não estão sendo criados.
Mais - Confira mais detalhes do relatório da Organização Internacional do Trabalho clicando aqui.
Agência Sindical