O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, e o presidente da CBIC, José Carlos Martins, no 'Construção 2030', em São Paulo. Foto: Nina Quintana

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) apresentou nesta terça-feira (4/2) à cadeia produtiva do setor o projeto ‘Construção 2030’, por ocasião do evento ‘Construção 2030 – Engajamento do setor no novo ciclo econômico’, realizado pela manhã, em São Paulo. “Os diversos segmentos que envolvem a construção estão se organizando em torno de um trabalho de visão de futuro para discutir formas de melhorar a competitividade na construção civil e gerar mais empregos”, ressalta o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

Lançado há dois anos, junto com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional), o projeto foi baseado na metodologia de foresight – estudo de pensamento de futuro – e está dentre os pilares estratégicos da CBIC.

Estiveram presentes ao evento mais de 70 participantes, dentre representantes de associações do setor e empresários.

‘A visão e as perspectivas do governo para a indústria da construção’ foi o tema da abertura feita pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa.

Cadeia produtiva do setor conhece projeto ‘Construção 2030’, em São Paulo (Foto: Nina Quintana)

Na agenda de debate, foram discutidas as mudanças no ambiente de negócios e as necessidades de mudanças na cadeia da construção para um salto no desenvolvimento e na cultura de inovação nos próximos 10 anos.

Como encaminhamentos para a efetiva estruturação do Pacto Setorial foram planejados três próximos encontros: em março, na Revestir; outro em abril, durante a Feicon (Feira da Indústria da Construção), e outro na primeira semana de maio.

Os temas prioritários inicialmente elencados foram:

  • Capacitação
  • Tributação
  • Modelo de negócio
  • Informação/dados do setor

O alinhamento é que o pacto seja assinado na abertura do 92º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), que ocorrerá de 13 a 15 de maio, no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, em Brasília.

https://cbic..br/wp-  
Dionyzio Klavdianos, vice-presidente de Inovação da CBIC, apresenta ‘Construção 2030’ à cadeia produtiva do setor (Foto: Nina Quintana)

Na avaliação do vice-presidente de Inovação e presidente da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) da CBIC, Dionyzio Antonio Martins Klavdianos, o encontro superou a expectativa de público e de representatividade.

“O pacto é um importante canal para que os setores se juntem no sentido de solicitar e praticar ações que vão fazer com que a construção civil mude de patamar’, destaca Klavdianos. “Agora é colocar em prática as três novas reuniões para que no 92º ENIC seja apresentado um pacto consistente, com metas e meios para atingi-las, como sugerido pelo secretário Carlos da Costa na sua apresentação”, disse, completando que “um bom novo passo foi dado rumo ao primeiro vertedouro  que é o Enic de Brasília”.

A promoção do encontro ‘Construção 2030 – Engajamento do setor no novo ciclo econômico’ está contida no projeto ‘Inovação e Tecnologia na Indústria da Construção’ da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Enic), em correalização com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

CBIC